Área do aluno

Depoimentos

Rozana Maria da Fonseca, psicóloga – Eunápolis, BA

Prezado Carlos,
Estou muito contente pela oportunidade de realizar este curso! Como o próprio nome diz, é "introdutório", mas mesmo com uma bagagem acerca do SUAS, especialmente de CRAS, eu o considero de extrema relevância, tanto para os profissionais que ainda não dominam muito o assunto, quanto para aqueles que já atuam, pois é, com certeza, um ótimo espaço de atualização e possibilidade de relembrar conceitos de grupos e oficinas. Destaco as sugestões de leitura e filmes como ponto forte do curso! Como sugestão, acredito que, se os textos estivessem em formato de PDF (por módulos), facilitaria a leitura e estudo - não sei se é possível nesta plataforma, é apenas uma ideia. Por fim, acredito que toda forma de melhorar o entendimento acerca de nosso trabalho é muito bem-vinda sempre! Precisamos continuar acreditando na possibilidade de trabalhos que fazem a diferença com famílias e comunidades através dos serviços socioassistenciais do Suas.
Um grande abraço, Rozana

Letícia Salvadé Araújo, psicóloga – Bagé, RS

Olá Carlos,
Finalizando o curso, eu o avalio de forma muito positiva, pois achei interessante, com material didático muito claro, ilustrativo e filmes e estudos de casos muito pertinentes. Embora não tenha tido o tempo que gostaria para participar, me dedicar e me aprofundar mais, considero produtivo meu conhecimento e, com certeza, fará a diferença se, no futuro, eu vier a trabalhar com oficinas de dinâmicas de grupo. Agradeço a atenção e o apoio dado pelo professor Carlos. Obrigada, Letícia.

Mariza da Costa Velho D'Angelo, assistente social – Campos dos Goytacazes, RJ

Agradeço pelo certificado. Não sabia que o receberia, porque, apesar dos assuntos pertinentes à minha atuação e inquietação, não dispus de tempo para socializar através do fórum, apesar de socializar com as 14 pessoas de minha equipe no Cras sobre todas as discussões que o material de vocês proporcionou, sem contar o enriquecimento do trabalho que nós pudemos desenvolver com as famílias.
Adorei o Curso e parabenizo o professor, mas, nos cursos a distância, em que me inscrevi, pouco socializei porque a estrutura de trabalho é ínfima para o volume de demandas que enfrentamos no contexto das políticas públicas de que dispomos.
Grata, Mariza

Marlene Caetano de Jesus, assistente social – Belo Horizonte, MG

Prof. Carlos,
Achei interessante o formato do curso. Objetivo, com material teórico e de vídeos/filmes pertinentes. O suporte e a atenção do professor também foram um ponto muito positivo. Tive curiosidade de fazer o curso porque gosto sempre de estudar e também para ter experiência em um curso a distância, uma vez que tinha muita resistência a essa modalidade de capacitação. No momento, estou ministrando para 30 agentes da rede do meu município a capacitação do Programa de Ações Integradas e Referenciais de Enfrentamento à Violência Sexual Infanto-Juvenil - Pair, por meio de oficinas. E já estou aplicando, de maneira atenta, o conhecimento que adquiri no curso. Percebi que é um método que exige certa disciplina... o que não consegui ter muito, mas, no final, deu tudo certo.
Obrigada, Marlene

Fabrícia Alves de Souza, psicóloga – Governador Valadares, MG

Prezado professor,
Gostei muito do material proposto. É bastante sucinto e de fácil entendimento, e serviu de base para novas buscas de conhecimento acerca da área de assistência social, que tem se tornando um campo aberto para profissionais recém-formados como eu. Como havia dito antes, alunos da psicologia, quando lançados nesse tipo de trabalho, sofrem por não ter direcionamento do que pode ser feito. Em toda palestra ou capacitação que eu participo sempre ouço dizer “o Cras oferta o serviço do Paif”, “o Cras deve desenvolver oficinas de convivência, reflexiva e socioeducativa”, mas, afinal, o que viria a ser isso? Achei que o material propôs essa informação acerca das oficinas de forma bem objetiva.
Fabrícia